Eu, insaciável

Blog

Não estou eu satisfeito em observá-la?
Não estou eu saciado com sua companhia no parque nas manhãs de sábado?

Por que tenho me permitido olhar para Teu rosto com tanta lascívia?

Com tanto desejo…?
Com tanta paixão…?

Meus olhos já não se seguram…

Transparecem para os teus minhas aflições angustiantes…
Tua boca me encara de maneira que não consigo me esconder…
não consigo me esquivar…

Não…
Não posso…
Tenho responsabilidades…
Entrar em sua vida acabaria com tudo que já conquistei…
Esta é minha sina…

Desejar e não lhe tocar…
Sonhar com teus calorosos beijos e não tê-los…

Este sou eu, guerreando internamente entre o sim e o não…
Entre o querer e o poder…

Entre o que é certo e o que certamente me destruiria…

Soestri

Harmonias Estelares

blog

 

 

 

 

 

 

 

 

Nesta divisória espacial
Neste setor galáctico
Vejo eras em momentos…

Belíssimas melodias flutuam…
Percebo cada uma delas
Cada nota transmite sua frieza…
Cada nota transmite seu calor…
Uso-as ao gosto que cada momento necessita…

Fúria…Euforia…Aconchego…Transparência…

Enquanto eu permancer em Parnaso
compondo Harmonias Estelares
A felicidade sempre estará próxima…

Soestri

A Flor em lágrimas

 

Flor chorosa

 

 

 

 

 

 

 

 

E enquanto descia as escadas
Encontrei uma flor sozinha no escuro

À medida que me aproximava
O som de seu choro se tornava mais nítido…

Movido de íntima angústia
Apertei contra meu peito, minha rara flor chorosa…
Tuas lágrimas, que molharam minha pele…
Agora fazem parte de minha’alma

Mesmo com o maior dos esforços
Não conseguirei esquecer de tuas vívidas lágrimas
E de como penetravam em meu ser…

Venha…vamos ao encontro do infinito como lhe prometi!

Iremos onde houver vida….seremos onipresentes…
Atravessaremos eras…

Permita que meu carinho gratuito e sem profundos interesses
Sequem tuas lágrimas uma à uma…

Nos deitamos sem contar que o tempo
nos envelhece à cada segundo…

E em meio à quietude noturna…
Adormecemos de frente um para o outro…

Galgando agora, espaços oníricos infindáveis…

Selvagem Ruptura

Blog
[…] Mais uma bela noite à nos envolver
O céu e suas estrelas…

Sublimes…
Pomposas…
Eternas…

Tão próximas…

Sem lágrimas hoje…
Sem sorrisos forçados…
Sem abraços comprados…

A simbiose se torna completa
quando tua voz me encontra absorto e estático…

Ok, venha, vou lhe ouvir mais esta vez…
(como se eu não necessitasse disso) […]

Soestri